Dicas de manutenção do seu Jet ski

Dicas de manutenção do seu Jet ski
Compartilhe este artigo:

Fala galera blz?

No último domingo me deparei  com uma cena que me fez escrever esse post, um rapaz chegou na Marina com a família inteira pra andar de jetski e advinha o que aconteceu,  o jetski  não funcionou, que decepção,  e agora o que fazer? No caso dele foi fácil, o problema era combustível ruim, mas poderia ter sido outro problema, recomendo que antes de sair de casa, verifique se o jetski funciona, experimente dar partida, acelere e deixe ligado por uns 15 segundos, caso não note nada de errado, bora pra água! Isso vai garantir que está saindo de casa com ele funcionando, se na água não funcionar pode ser outros problemas, veja abaixo algumas dicas para não te pegar de surpresa:

  1. Bateria : O correto é sempre verificar a tensão da bateria com auxilio de um voltímetro, mas muitas vezes o acesso é difícil e acabamos não fazendo isso, uma dica é ligar o jetski fora da água pra ver se a partida está forte e quando colocar na água repare se a primeira partida vai continuar forte, a pressão da água na transmissão do jetski exige mais da bateria na hora na partida, caso o motor de partida rode fraco pode ser um indicio de bateria fraca, tome cuidado ela pode te deixar na mão.
    Caso necessite fazer uma “chupeta” utilize uma bateria de mesma especificação que a do jetski, uma bateria diferente pode ter uma tensão maior e danificar o sistema elétrico.  Se precisar recarregar a bateria recomendo desligar os polos, retirar a bateria e recarrega-la fora do jetski.
  2. Combustível: Abasteça em um posto de confiança, utilize sempre Gasolina Comum ou Podium, confira  se o marcador está funcionando,  já vi jetski com problema no sensor de combustível e marcar errado, isso pode te deixar na mão (Pane Seca), além disso nunca deixe combustível velho no tanque, sempre que for guardar o jetski por um longo período gaste toda a gasolina ou tire do tanque evitando oxidação no sistema.
  3. Velas do motor: Quando houver falhas de motor ou o jetski estiver fraco desconfie das velas, uma vela ruim compromete toda a performance e consumo do jetski, não é um regra mas costumo trocar as velas de meu Jet a cada 50h pra evitar qualquer problema, caso tenha duvidas do tempo de troca procure a especificação de manutenção no manual do proprietário.
  4. Cabo/Cachimbo da vela: Essa é a peça que vai conectada na vela, eu diria que essa peça é a grande vilã da brincadeira, porque se houver qualquer oxidação ou mal contato com certeza seu jetski vai falhar (Ficar com motor quadrado) , por isso nunca deixe faltar um limpa contatos em sua caixa de ferramentas, muitas vezes espirrando um limpa contato nos terminais do cachimbo e da vela vai resolver seu problema.
  5.  Óleo do motor: O óleo tem vida útil, ele fica velho, não é porque você não usa muito o jetski que não precisa trocar o óleo, muito pelo ao contrario tem que trocar, eu costumo trocar a cada 50h ou 6 meses, novamente recomendo procurar a especificação da manutenção no manual do proprietário.
    Quando for trocar o óleo repare a quantidade que sai de dentro do motor e compare com a quantidade exigida pelo fabricante, se tiver saído menos pode ser um sinal de queima de óleo, procure um mecânico para avaliação.
  6.  Filtro de óleo: Não se esqueça dele ein, eu sempre troco quando vou trocar o óleo, é super importante o filtro para lubrificação interna do motor.
  7. Injeção Eletrônica: Nossa Gasolina não é lá essas coisas e assim como nos carros os bicos injetores do jetski precisam ser limpos, a  falta de manutenção nessas peças pode ocasionar uma queima indevida de combustível, seu jetski pode falhar, pode aumentar o consumo e ter uma perda de potencia, eu costumo limpar a cada 100h ou 1 ano de uso, mais uma vez recomendo procurar a especificação da manutenção no manual do proprietário.
  8. Trasmissão:  Quando falo transmissão estou falando da turbina, o jetski cavitando é sinal que algo está errado, pode ser a cinta da hélice ou a própria hélice, na maioria dos casos são as duas coisas, você pode fazer uma analise visual olhando pela turbina se existe alguma folga entre a hélice e a cinta ou se a cinta está desgastada e a hélice com uma espécie de dentes nas pás, se tiver assim é necessário a manutenção.
    Muitos não sabem mas na turbina também vai óleo, a falta de manutenção pode travar o conjunto, eu costumo a cada 100h revisar a transmissão, recomendo novamente procurar a especificação da manutenção no manual do proprietário.
  9. Refrigeração: O jetski 4 tempos é refrigerado a água, muitos não sabem mas seu “radiador” fica embaixo do casco, atrás do jetski abaixo da turbina, quando você está navegando a água  (do mar,  da represa, do lago ou rio) vai refrigerando o sistema de arrefecimento do jetski, vazamentos podem ocorrer, por isso sempre verifique o nível do reservatório de água, se estiver baixando procure um mecânico para avaliação.

Essas analises aprendi ao longo dos anos, eu também já fiquei na mão algumas vezes e pode ser que fique no futuro, em se tratando de máquina uma hora ela pode quebrar, mas a diferença é que hoje tenho muito mais noção do assunto, caso perceba qualquer anomalia no sistema eu corro para manutenção preventiva, ou seja, diminui muito meu gasto e minha chance de ficar na mão, de qualquer forma nunca se esqueça de levar uma corda, vai que fique na mão e precise ser rebocado (rsrsrs).

Caso eu não tenha mencionado algo importante por favor escreva no campo de comentários que incluiremos no post.

jetclube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *